Após conflitos na OpenAI, Sam Altman retorna ao cargo de CEO da empresa

Em reviravolta, conselheiros da OpenAI voltam atrás e reestabelecem Sam Altman como CEO da empresa.

A OpenAI, uma das empresas de Inteligência Artificial (IA) mais relevantes da atualidade, vem passando por diversos problemas internos nos últimos dias. O conselho da empresa criadora do ChatGPT foi responsável por remover Sam Altman, fundador da companhia, do seu cargo de CEO.

Sam foi então convidado para chefiar uma nova equipe de IA na Microsoft, que possui grandes acordos com a OpenAI. No entanto, a saída de Altman provocou grande insatisfação por parte dos funcionários da empresa, que ameaçaram uma demissão coletiva em grande escala.

Agora, o conselho da OpenAI voltou atrás em sua decisão e trouxe de volta Sam Altman. O conselho da empresa também será reestruturado, e será presidido por Bret Taylor, ex-presidente do conselho do Twitter.

Sam declarou que está animado para retornar à empresa que fundou:

“Eu amo a OpenAi, e tudo que fiz nos últimos dias foi para manter esta equipe e sua missão unidas. Quando decidi ingressar na msft no domingo à noite, ficou claro que esse era o melhor caminho para mim e para a equipe. 

Com a nova diretoria e o apoio de Satya, estou ansioso para retornar à OpenAi e desenvolver nossa forte parceria com a msft.”

IAs generativas

O ano de 2023 está sendo fortemente marcado pelo desenvolvimento das IAs generativas. Estes modelos de IA são capazes de criar textos, imagens, sons e vídeos a partir de uma descrição.

A OpenAI foi pioneira neste setor, disponibilizando no mercado o ChatGPT, modelo de geração de textos, e o Dall-E, focado na criação de imagens. A OpenAI está recebendo investimentos de US$ 10 bilhões da Microsoft, que implementou o ChatGPT no Bing, buscador da empresa.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img