Bolsa de Valores (B3) terá horário noturno para negociação de BTC e IBOV

B3 mira público jovem e enxerga concorrência de corretoras de criptoativos.

A Bolsa de Valores do Brasil (B3), está prestes a implementar uma mudança importante em seu funcionamento: a introdução de um horário de negociações noturnas, com foco especial em Bitcoin e Ibovespa. Essa iniciativa, pioneira na história da B3, visa atender às demandas crescentes dos investidores de varejo, incluindo o público mais jovem, que tem sido cada vez mais atraído por corretoras de criptoativos que operam 24h por dia.

O novo pré-mercado noturno, que funcionará das 18h30 às 21h45, permitirá aos investidores negociar dois contratos futuros: o do Ibovespa e do Bitcoin (BTC). Esta decisão, segundo Gilson Finkelsztain, presidente da B3, surgiu a partir da necessidade dos investidores de varejo que desejam operar no final do dia. Finkelsztain reconhece que a iniciativa é um teste e traz consigo desafios, incluindo aumento de custos e riscos.

B3 mira público jovem e vê concorrência de corretoras de cripto

A introdução da negociação noturna na B3 é vista internamente como uma tentativa de atrair de volta o público mais jovem para a Bolsa brasileira, que nos últimos anos tem migrado cada vez mais para o mercado de criptoativos, que tem exchanges negociando 24h por dia.

Além disso, a Bolsa brasileira enxerga alguns benefícios, como maior liquidez e acessibilidade para os investidores estrangeiros, que deixam de operar no horário comercial brasileiro por questões de fuso horário.

Ao redor do mundo, outras bolsas de valores já operam em horários estendidos, o que demonstra uma tendência global. A B3, ao seguir esse caminho, busca aumentar sua competitividade e atrair um público cada vez mais conectado.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img