Juiz nega viagem de CZ aos Emirados Árabes, mesmo com ‘garantia’ de U$4,5 bilhões da Binance

CZ oferece U$4,5 bilhões como 'garantia' de seu retorno em viagem, mas pedido é negado pela Justiça dos EUA.

Changpeng Zhao, ex-CEO e fundador da Binance, teve seu segundo pedido de viagem aos Emirados Árabes Unidos negado por um juiz nos Estados Unidos. A decisão judicial destaca um “um risco de fuga significativo” devido a fortuna de CZ e seus laços familiares nos Emirados Árabes Unidos.

CZ enfrenta acusações na Justiça dos EUA por não manter um programa adequado de combate à lavagem de dinheiro na Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo. Em novembro de 2023, ele se declarou culpado e concordou em deixar o cargo de CEO da empresa como parte de um acordo.

CZ oferece U$4,5 bilhões como ‘garantia’ de seu retorno, mas tem pedido negado

Após ter seu primeiro pedido de viagem negado em novembro de 2023, CZ ofereceu sua participação na Binance US, avaliada em cerca de US$ 4,5 bilhões, como garantia para seu retorno, mas teve seu 2º pedido negado.

A decisão de restringir a viagem do fundador da Binance é um indicativo da seriedade com que o governo dos EUA está tratando os casos envolvendo violações regulatórias no setor de criptomoedas. O governo americano entende que isso pode estabelecer um precedente para futuros casos envolvendo executivos de criptomoedas.

A sentença de CZ, marcada para 23 de fevereiro, deverá ser um momento importante para indústria de criptomoedas nos Estados Unidos, podendo ter implicações diretas na imagem e posicionamento da corretora em solo americano.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img