GreenGo Capital: Asset brasileira recebe certificação para atuar em El Salvador

GreenGo Capital se junta a Binance e Bitfinex, como empresas autorizadas pela Comissão Nacional de Ativos Digitais a operar oficialmente em El Salvador.

A GreenGo Capital, asset especializada em administração de portfólios cripto que atua no Brasil desde 2020, foi aprovada pela Comissão Nacional de Ativos Digitais (CNAD) de El Salvador para operar como administradora e custodiante de ativos digitais no país.

A empresa conquistou uma licença do tipo “Provedores de Servicios de Activos Digitales”, permitindo-lhe também oferecer uma gama de serviços no país, que vão desde o gerenciamento de produtos de investimento em criptoativos até a conversão direta para moeda fiduciária.

Além da GreenGo, apenas mais 10 empresas, dentre elas a Binance e a Bitfinex, detém a certificação da CNAD para operar oficialmente no país.

O CEO da GreenGo Capital, Bruno Souza, destacou que o processo de certificação envolveu vários meses e passou por rigorosas etapas de conformidade e segurança, garantindo que a empresa obtivesse a licença do órgão governamental.

“Nosso processo de certificação durou meses, e passou por diversas etapas de compliance e segurança. A partir de dezembro, começamos a oferecer nossos serviços de forma regulada, com toda proteção e garantia aos clientes”

Além de sua presença consolidada no Brasil e no Equador, a empresa posiciona-se como um Hub de educação e tecnologia, planejando levar projetos educacionais, como a “Escola Bitcoin Brasil”, para El Salvador, contribuindo para a disseminação do conhecimento sobre criptomoedas e blockchain na região.

A empresa está empenhada em liderar a revolução dos ativos digitais em El Salvador, comprometendo-se com uma visão de futuro onde a adoção em massa de criptomoedas seja uma realidade, proporcionando produtos financeiros mais acessíveis a todos os cidadãos.

Expansão na América Latina

A chegada da GreenGo Capital a El Salvador marca o início de uma nova fase de crescimento e expansão da empresa na América Latina. Segundo Yuri Silva, Diretor de Expansão Internacional da GreenGo, o próximo destino da empresa será a Argentina, cujo presidente recém-eleito, Javier Milei, expressou publicamente seu apoio às criptomoedas.

“Nossa empresa está comprometida com a visão de um futuro financeiro mais inclusivo e acessível, onde a tecnologia blockchain não apenas melhora, mas também transforma a maneira como lidamos com o dinheiro e aumentamos nossa riqueza digital. Queremos levar essa solução para toda a América Latina”, ressaltou Yuri Silva.”

Além da GreenGo Capital, apenas mais 10 empresas, dentre elas a Binance e a Bitfinex, obtiveram a certificação da CNAD para operar oficialmente no país.

Por meio da plataforma de administração de ativos digitais da GreenGo, os investidores têm acesso a um serviço semelhante a um “staking” mensal, que gera rendimentos em criptomoedas para os investidores.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img