Tether atinge US$ 90 bilhões em valor de mercado

Tether (USDT) alcançou a expressiva marca de US$ 90 bilhões em marketcap nesta quarta-feira.

O Tether (USDT), principal stablecoin atrelada ao dólar américano, atingiu a marca expressiva de US$ 90 bilhões em capitalização em dezembro nesta quarta-feira (06).

O USDT, emitido pela Tether Limited, rastreia o preço do dólar dos Estados Unidos, e é a criptomoeda com maior volume de movimentação diário do mercado cripto. Nas últimas 24 horas, mais de US$ 60 bilhões em USDT foram movimentados. 

Esse alto volume diário ocorre principalmente devido a stablecoin ser o principal par de negociação com outros criptoativos em grande parte das corretoras. O par BTC/USDT, por exemplo, é o mais negociado no Bitcoin atualmente.

O USDC segue como a segunda maior stablecoin do mercado, com cerca de US$ 24 bilhões em capitalização. Atualmente, o mercado total de stablecoins ultrapassa a expressiva marca de US$ 115 bilhões em marketcap.

Modelo de negócios da Tether

A Tether Limited tem se destacado como uma das maiores empresas da indústria de criptomoedas. O principal serviço da empresa é a emissão e gestão do USDT. Mas afinal, como funciona o modelo de negócios da empresa?

A Tether é responsável por emitir em diferentes redes blockchain o USDT. Para cada token em circulação, a empresa precisa possuir ativos equivalentes em reserva. A empresa possui um caixa diversificado de ativos que respaldam o valor do criptoativo.

O principal ativo em reserva da Tether são títulos do governo dos Estados Unidos, que são denominados em dólares e oferecem rendimentos aos detentores. Além disso, a empresa também possui outros ativos em caixa, como bitcoin.

Além dos seus serviços com stablecoins, a Tether tem se posicionado em outros setores da indústria. Por exemplo, a companhia tem alocado recursos na mineração de Bitcoin.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img