Venture Capital brasileiro focado em Web3 anuncia entrada na ABCripto

Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) anuncia entrada da Tupix Capital em seu quadro de empresas associadas.

A Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) anunciou a entrada da Tupix Capital, primeiro Venture Capital do país focado em investimentos no setor de Web3, em seu quadro de associados. A Tupix se junta à Itaú, MercadoBitcoin e mais 37 empresas que atuam com ativos digitais no Brasil.

Fundada em 2021, a Tupix Capital tem ganhado destaque no mercado com investimentos em startups que utilizam a tecnologia blockchain para desenvolver soluções disruptivas em áreas como infraestrutura, finanças descentralizadas (DeFi), inteligência artificial e jogos. A entrada da Tupix na ABCripto reafirma o potencial de crescimento do setor para 2024.

A Tupix Capital, que possui conformidade com as normas da CVM para investimento em projetos ligados à tecnologia blockchain, busca fornecer suporte e impulsionar o crescimento de startups e iniciativas no setor de Web3 na América Latina.

Guilherme Matarazzo, Managing Partner da Tupix Capital, expressou o entusiasmo com a parceria:

“Estamos empolgados em fazer parte da ABCripto. Acreditamos firmemente no papel transformador da Web3 e da blockchain, e essa associação é um passo crucial para ampliar nosso alcance e impacto no desenvolvimento de soluções inovadoras no país.”




A ABCripto, reconhecida como a principal representante do setor de ativos digitais no país, busca fortalecer sua missão de desenvolver o ambiente de negócios cripto e colaborar com políticas que fomentem a inovação do setor no Brasil, com foco também na proteção dos investidores.

Bernardo Srur, diretor-presidente da ABCripto, ressaltou o significado da adesão da Tupix:

“A chegada da Tupix Capital como nosso associado é um passo importante para fortalecer o ecossistema cripto no Brasil. Isso demonstra o crescente interesse e a confiança no setor, além de abrir novas oportunidades para investimentos e desenvolvimentos tecnológicos.”

CVM e ABCripto lançam “dicionário cripto” no Brasil

Em dezembro, A ABCripto e a CVM anunciaram o lançamento de um dicionário abrangente com termos relacionados a criptomoedas, ativos digitais, tokenização e áreas afins. O glossário, que conta com mais de 200 verbetes, tem como objetivo padronizar a terminologia utilizada no setor e facilitar o entendimento do público geral sobre conceitos técnicos.

O projeto faz parte de um acordo de cooperação técnica entre as duas instituições, focado em ações de educação financeira e na produção de materiais educativos sobre novas tecnologias financeiras.

- Anúncio -spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img